Arquivo da tag: Saúde

Como andar de salto alto

https://i1.wp.com/popgirl.blogtv.uol.com.br/img/image/PopGirl/Marco/salto_alto.jpgMuitas garotas acham saltos lindos! Outras não gostam tanto, mas concordam que um bom salto dá glamour a qualquer mulher. Porém, quando o assunto é colocá-lo no pé e andar por aí é que começam os verdadeiros problemas.

Quem é que nunca riu de uma menina andando de salto de um jeito muito engraçado?

Pensando nisso, eu trouxe um vídeo e várias dicas pra você aprender melhor como se equilibrar no salto sem passar vergonha.

Dicas!

1. Comece com saltos pequenos: se você nunca usou sapatos de salto alto antes, não comece a aprender com stilettos de 12 cm de altura. Isto pode ser um convite a acidentes. Tente algo menor: um salto com uns 5 cm ou mesmo um salto tipo anabela até você se acostumar. Os saltos tipo anabela são mais fáceis para caminhar, pois têm uma base mais larga e os saltos não ficam presos em fendas ou outros obstáculos. Com o tempo e a prática você poderá aumentar a altura dos saltos.

2. Saltos com base larga: é mais fácil andar com saltos de base mais larga, ou seja, mais grossos. Os saltos agulha muito altos são os mais difíceis para andar: passe a usá-los somente após adquirir prática e confiança.

3. Primeiro os saltos, depois as pontas dos pés. Ou seja, em primeiro lugar, apóie o salto no chão e só então pise com a parte da frente do pé (ou seja, não pise com o salto e a ponta do pé ao mesmo tempo). Dê passos curtos. Assegure-se de não curvar os joelhos mais do que normalmente o faria. E para obter um equilíbrio maior, coloque um pé diretamente à frente do outro. Enfatizando mais uma vez: não pise com a ponta do pé antes de apoiar o salto no chão.

4. Pratique sempre: a melhor maneira de aprender a andar de salto alto é andar o tanto quanto possível. Pratique andando sobre pisos escorregadios, tapetes, pisos irregulares, suba e desça escadas. Não importa o quanto você leia ou assista: o importante é praticar. Afinal, aprender a andar de salto alto é como aprender qualquer outra atividade: você precisa praticar.

5. Saltos pela internet podem ser uma furada. O indicado é ir até a loja e experimentar bem pra saber se ele cai bem, se machuca, se você consegue andar direitinho com ele e se não é muito alto pra você.

6. Use com cautela. apesar de lindos, os saltos podem prejudicar a saúde. Por isso, não é recomendado usá-lo todos os dias….

https://i2.wp.com/www.samshiraishi.com/wp-content/uploads/2009/12/salto-alto-adolescentes.png

Anúncios

Como curtir o carnaval numa boa

http://republicadasbucetas.files.wordpress.com/2009/05/carnaval2.jpgSe você adora uma folia e não vê a hora de colocar seu bonde na rua, é bom seguir algumas dicas pra chegar ao final do carnaval bem e, principalmente, com saúde.

Alimentação – Na véspera da folia, recomenda-se consumir mais carboidratos, como arroz, pães, macarrão, batata e aveia. De preferência as versões integrais, que sustentam por mais tempo.

Imediatamente antes de sair, são recomendadas as frutas, pois são ricas em água e sais minerais.

Já depois da maratona, além de consumir carboidratos, proteínas também são importantes, e podem ser encontradas em carnes magras, ovo e feijão.

Bebidas alcoólicas – Todos sabemos que o consumo de alcoól no carnaval é excessivo, por isso, lembre sempre: Se beber não dirija. Parece meio careta, mas é super sério, no carnaval o índice de  acidentes por conta da bebida é muito maior, muitas vezes você bebe e quem acaba pagando são os outros. Pense nisso!

Mesmo se não for dirigir é bom maneirar na bebida. Quem é que gosta de ressaca?

Não tem jeito, você quer mesmo é beber todas! Ok! Lá vai algumas dicas pra evitar a ressaca.

1- Alguns estudos mostraram que bebidas alcoólicas que possuem em sua composição principalmente água e álcool, tais como vodka e gin, produzem menos ressaca.

2- O álcool é absorvido mais lentamente quando existe alimento no estômago. Mas o que você deve comer? O que você quiser. É um mito que determinados de tipos de comida são melhor para combater a ressaca.

3- Beber uma bebida não alcoólica ou mesmo água entre os drinks ajuda a manter o nível de álcool baixo e também o corpo hidratado.

4- Antes de colocar a cabeça no travesseiro, beba água ou alguma bebida não alcoolica, mas evite cafeína.

5- Use algum medicamento analgésico com o qual você já está acostumado para prevenir a dor de cabeça. Estes medicamentos podem ser vendidos sem receita, no entanto evite a automedicação, principalmente em excesso.

Hidratação – Recomenda-se que entre três e quatro horas antes da maratona o folião consuma de 250 a 500 ml de água, sucos ou água de coco. Durante a folia, o ideal é beber de 150 a 200 ml a cada 15 minutos a meia hora, dependendo da intensidade.

Bebidas energéticas e esportivas são uma boa opção para quem vai praticar exercícios intensos e por um longo tempo. Mas existe um alerta para as bebidas energéticas que contém cafeína, pois aumentam a perda de líquidos do organismo, merecendo hidratação em dobro.

Roupas – Leves e de cores claras é sempre bom, principalmente com o calor que tem feito nas cidades brasileiras. Se você pretende se fantasiar, escolha fantasias leves e confortáveis. Tênis é sempre bom pra manter seus pés a salvo de eventuais cacos de vidros e esse tipo de coisa, só escolha um modelo de tecido pra que o ar ventile. Não esqueça o protetor solar.

E por fim não se esqueça que carnaval é alegria e diversão e não problemas e preocupação.  Por isso, evite confusões e se ver uma, fuja!

10 dicas para um bronzeado longo e bonito

Não adianta nada ir à praia e depois ficar com a pele ardendo e descascando. Por isso, eu peguei dez dicas do dermatologista Ademir Jr. e resolvi postar para vocês. São dicas muito importantes para sua saúde e beleza. Confira:

1. Tomar sol de forma gradativa, reduzindo o índice de protetor solar à medida que os dias de exposição ao sol vão passando, aumenta a pigmentação da pele de forma mais gradual sem que esta seja fortemente agredida pelo sol dando tempo para um bronzeado mais seguro e sem descascar.

2. Tomar uma ducha sempre após o banho de mar ou piscina ajuda a eliminar a salinidade da água do mar na pele e a química da água da piscina, que pode facilitar o descascar.

3. Manter uma boa hidratação da pele com cremes e óleos de banho.

4. Manter uma boa hidratação corporal ingerindo muito líquido.

5. Evitar banhos muito quentes que agridem a pele e favorecem o descascar.

6. Evitar o sol mais forte do dia (este só agride a pele e fará o paciente descascar).

7. Tomar cuidado com dias nublados e abafados. O mormaço é extremamente prejudicial à pele, causando queimaduras que facilitarão a perda do bronzeado.

8. Ingerir alimentos ricos em betacaroteno (frutas e legumes de cor vermelha, laranja ou amarelo). Por impregnação do betacaroteno na gordura da pele, este elemento de cor amarelo/alaranjado colabora com o tom bronzeado.

9. Ingerir alimentos ricos em antioxidantes – Frutas, legumes, verduras, grãos e alimentos integrais. Eles ajudam a reduzir a inflamação da pele durante os dias de exposição e protegendo a mesma dos danos causados pelo sol.

10. Fazer uso conjunto de autobronzeadores que não agridem a pele e reforçam a cor do verão quando você não estiver mais na praia ou piscina.